filmagens-coentral-neveiros-2007

O Senhor Benjamim Ferreira, residente em Samora Correia, nunca teve oportunidade de ver atuar o Rancho Folclórico Neveiros do Coentral nem visitar o nosso Concelho.

Recentemente enviou a seguinte carta à Direção do Grupo e que passamos a transcrever:

Venho por este meio agradecer a gentileza que teve para com a minha pessoa, ao ter enviado a meu pedido, o CD do rancho assim como o DVD.
Do CD eu já conhecia algumas musicas pois todos os fins de semana peço para ouvir o Rancho dos Neveiros, num programa que se chama O POVO A CANTAR, com sede aqui em Samora Correia cujo responsável por esse programa se chama Arlindo Santos, e passa todos os Domingos na Rádio Íris em 91.4FM, mas sempre tentei ter o CD ou cassete sem nunca o ter conseguido, mas finalmente está comigo e por isso o meu muito obrigado.
Depois de ter visto e revisto o DVD, fiquei encantado pelo que vi e ouvi da história do Grupo embora já tivesse alguns conhecimentos da mesma pela história do transporte da neve até Lisboa, chegada ai das serranias do Coentral. Mas ver isso contado e cantado no próprio local onde em principio nasceram as musicas e onde eram dançadas é outra coisa, imagens lindas das serras e das aldeias das gentes dos seus costumes e tradições, é uma riqueza que não tem preço.
Ao povo do Coentral só tenho a agradecer por terem tanto para mostrar da sua Historia passada em tempos, esses sim eram difíceis, Terra rica em água, pelo que me foi dado ver nas imagens, as pequenas hortas com verduras. Os castanheiros, e tudo que a terra podia dar eram uma riqueza na altura, as lavadeiras no rio, a apanha do milho, do mel, da castanha, o preparar das terras para cultivar, tudo o que da terra saía para alimentar o povo do Coentral, e da cidade de Lisboa, a eles o meu muito obrigado por tudo isto.
Só tenho de agradecer aos do passado pelo que nos deixaram.
Aos do presente pela continuidade desta vela tradição.
Aos do futuro que levem esta história contada, cantada, dançada em memória do passado do presente, dos avós, dos pais e de vós próprios e do povo do Coentral.
Agradeço ao povo do Coentral e a todos os elementos do Rancho Folclórico dos Neveiros do Coentral por me deixarem conhecer a vossa história e dar os parabéns por tal riqueza, pois um povo assim só se pode sentir orgulhoso do seu passado e presente, e ter fé no futuro pois compete à juventude levar a história para a frente.

Um reconhecimento imparcial, desinteressado e motivante de um trabalho histórico de recolha dos costumes e tradições das gentes do Coentral.